quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Dividir casa

Quis o destino que eu entrasse numa universidade a mais de 600kms da minha cidade, o que significa que divido casa desde os meus 18 anitos. Claro que desde que nasci que partilho casa, e ainda bem que assim o é, mas digo sem pais, viver "sozinha".

Nos tempos de universidade vivi na casa dum membro da família, porque por coincidência tinha um primo a estudar na mesma cidade, mas ele estava quase a acabar e não estava sempre lá, o que acabou por ser uma rambóia para mim que tinha sempre a casa cheia de amigos...ai como fui feliz naquela casa!!! 

Depois veio o Erasmus, tive a sorte de ter nesta aventura duas grandes amigas e lá viemos nós em descoberta de Barcelona, encontramos uma casa a muito custo, no 5º andar sem elevador, mas era o que se podia pagar...foram 3 meses super intensos, conheci muita gente, apaixonei-me pela cidade, não trabalhei para a tese como deveria, claro está. Como éramos amigas há 4 anos e não vivemos juntas mais que 3 meses nunca tivemos nenhum problema, foi uma convivência pacífica e divertida com muitas festas de Erasmus loucas pelo meio...!

A tese foi acabada e apresentada em Portugal, mas a ideia de voltar a Barcelona não me saía da cabeça, 3 meses tinha sido muito pouco. E quando voltei aí sim começou a verdadeira aventura de dividir casa com estranhos. Desde que aqui estou já vivi em 6 casas e tenho que dizer que foi uma aventura de altos e baixos!! 

Na primeira casa em que vivi erámos 5, tanta gente numa casa, das duas uma, ou somos todos uma família e é tudo muito bom, ou acaba mal. Acabou mal com grandes discussões entre os machos da casa que acabou em mudança de fechadura e muitas más vibrações. Fugi eu e outra companheira de casa (que acabou por ser uma grande amiga, ainda hoje, que adoro de coração. Hoje em dia vive em Viena com o seu namorado e bebé) para a casa número 2. Tudo corria bem até que uma rapariga com quem vivia criar problemas com a dona da casa e a mesma ter-nos dado um mês para sair, devia ter desconfiado e não ter confiado na rapariga. Mas a verdade é que encontrei a casa número 3 com esta mesma rapariga e lá nos mudámos, erámos 3, durante uns meses tudo corria bem até que a rapariga sofreu um transtorno qualquer e começou a mentir e a roubar-me dinheiro!! Em 4 dias disse adeus e encontrei a casa número número 4, aqui vivi com 3 pessoas simpáticas e a convivência foi fácil, talvez porque não fiquei muito tempo, 4/5 meses acho, pois nessa altura o meu menino decidiu que queria vir viver comigo!

É difícil partilhar casa com estranhos minha gente, é preciso muita paciência e diplomacia. Claro que também foi muito divertido, e conheci muita gente e não mudava nada, porque foi uma "viagem" e tanto. Nas casas número 5 e 6 disse adeus à instabilidade e egos estranhos e embarquei na aventura de viver com o meu namorado.

Agora que tenho o parceiro ideal para dividir casa digo-vos uma coisa, não voltaria a dividir com mais ninguém....!

71 comentários:

  1. Partilhar casa não é fácil!... Eu confesso que não conseguiria partilhar a casa com estranhos!...
    Mesmo quando vivi com a minha ex mulher tive enormes dificuldades em ultrapassar certas barreiras... não que seja egoísta... mas porque adoro a minha privacidade! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Entendo que possa ser díficil...o mais importante é estar bem e feliz ;) *

      Eliminar
  2. Não voltarias a dividir a casa, ou o namorado? eheheh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Namorado não gosto de partilhar, sou assim de estranha hehe xD a casa só mesmo com ele :D :P *

      Eliminar
  3. Bem... também já vivi em muitas casas. Já agora conto-te :)
    Casa1/1 ano: Porto com uma amiga e a dona da casa - wrong!
    Casa2/3 anos:com a mesma amiga
    Casa 3/1 ano:erasmus em La Coruna com a amiga e uma paraguaia espetacular.
    Casa 4/1 ano: com a amiga e outra miuda que la morava. pacifico.
    Casa 5/1 ano: Lisboa. Estagio. Com mais 6 miudas. Tb foi pacifico :)
    Casa 6/6 meses: com um namorado... correu mal. Ele não estava preparado...
    Casa 7/há um ano: Com pessoas conhecidas, em Lisboa, no Bairro Alto. Houve um stress que falei no blog, agr estamos com menos 1 (é suposto sermos 4).

    Ando chateada com as limpezas... E é isto. :D
    Pelo caminho fiz boas amizades.

    Desculpa o testamento:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aw obrigado por partilhares, adoro saber destas coisas e de saber histórias de pessoas que passaram pelo mesmo!! Ai se eu te dissesse quantas vezes me chateiei ou me chatearam por causa de limpezas...acho que é um dos maiores problemas, espero que se resolva ehehe :D abracinho e *

      Eliminar
  4. Sim, acho que agora estás na situação ideal :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também Vic, e isso sabe bem :D * (obrigadoooo)

      Eliminar
  5. Uiui..dividir casa tem muito que se lhe diga! Tinha aqui pano para mangas..mas como tu dizes é preciso muita paciência e respeito!:)

    ResponderEliminar
  6. Eu não sei se conseguiria dividir a casa, só se confiar muito
    Bjs e já estou a seguir ;)

    ResponderEliminar
  7. Desde que fui para a faculdade que tbm divido casa e digo-te que adoro! Não o facto de dividir a casa mas de ter a minha independência! Não tenho que dar justificações a que horas chego a casa, a que horas como, se como, o que visto, qdo faço as limpezas, etc.

    Nunca tive problemas com as minhas colegas de casa. No entanto, já mudei 3 vezes. A primeira pq mudei de cidade (entrei na 1ªfase em Faro e a 2ª em Lisboa). Tive 2 anos numa casa, em que dividia o apartamento com a "senhoria" e a irmã, mas só no fim tivemos problemas, além de que eu não me sentia muito bem lá, mas ia vivendo. O ano passado fui viver com 2 colegas da minha faculdade (não do mesmo curso) mas foi o melhor que fiz! A casa era mais pequena mas o ambiente muito mais familiar! :D
    Este ano vou estagiar para Santarém e vou dividir apartamento com a minha best do meu curso. Vai ser brutaaaaaal! Ainda temos 1 quarto vago, vamos lá ver quem calha! Tenho tido sorte, espero este ano continuar com esta maré :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aposto que vai ser mesmo brutal boa sorte com a pessoa para o quarto vago :D *

      Eliminar
  8. essas experiências nem sempre correm bem, mas gostava de um dia dividir a casa com outras pessoas ahah :)

    ResponderEliminar
  9. Nunca dividi casa com ninguém a não ser com o meu namorado, mas já presenciei cenas de grandes amigos que dividam casa e depois de discussões por coisinhas mínimas nunca voltaram a ter a mesma relação de amizade! Penso que principalmente tem de haver muito respeito pelas pessoas que moram na mesma casa e e principalmente bom senso.

    ResponderEliminar
  10. Oh eu acho que deve ser uma óptima aprendizagem...Mesmo aquelas que correram mal serviram para aprender qualquer coisa :)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  11. Já dividi e concordo: também não voltaria a dividir com mais ninguém! Que experiência traumatizante. Sou muito territorial, gosto do meu espaço e que não me incomodem.

    ResponderEliminar
  12. Eu sinceramente não gostava nada de dividir a casa com estranhos, mas se tivesse que ser que remédio tinha eu...

    Gostei deste post em que partilhas esta tua aventura :)

    Beijinhos *

    ResponderEliminar
  13. Aos 18 anos também fui para a universidade e partilhei casa. Com coisas giras e outras menos giras. O costume.
    Depois casei e fui morar com o meu marido. Anos mais tarde tivemos uma bebé.
    Hoje vivemos as duas sozinhas porque o casamento acabou e digo que só voltarei a partilhar casa com um grande amor. Acho que a partilha resulta melhor se as pessoas tiverem laços afectivos fortes que as unam. ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado pelo teu comentário...concordo, acho que faz muito sentido que resulte melhor quando existe um laço afectivo forte, por isso agora digo que estou bem. O amor pode actuar de maneiras estranhas mas nunca falha e aposto que se vai cruzar no teu caminho outra vez :) *

      Eliminar
  14. Eu também tive que dividir casa quando fui para a Universidade e é como tu dizes, é uma aventura e tanto, cheia de altos e baixos.

    Bom, agora pelo menos tens o companheiro ideal :P

    Beijito* grande :)

    ResponderEliminar
  15. Eu só dividi casa uma vez, no ano que estive em Barcelona mas foi com 2 amigas que também foram comigo. Lógico que houve umas chatices que vêm com o viver junto, porque uma coisa é ser amigas fora de casa outra coisa diferente é partilhar casa. É preciso saber lidar com feitios e manias, saber impor mas também saber dar o braço a torcer. Mas regra geral correu tudo muito bem e foi uma das melhores experiências da minha vida e que não trocava por nada.
    Quem me dera também voltar para Barcelona, adorei a cidade, o ambiente, o haver sempre alguma coisa para fazer. :)

    Lau

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como te entendo, eu gostei tanto que voltei :) ainda por cá estou, mas não quero ficar para sempre...considero Barcelona uma cidade de passagem, tanta gente que vem e vai, tanta gente que tive que dizer adeus...*

      Eliminar
  16. vivi em varias casas [estudei e trabalho fora da casa dos papas a uns belos km de casa] mas sempre com pessoas conhecidas [sorte]. :) viver com estranhos é sempre uma surpresa umas vezes boa outras vezes muito má :) depende da sorte :)

    ResponderEliminar
  17. Nunca partilhei casa com estranhos nem aguentava... tive uma experiência de dois anos a partilhar casa com a minha irmã, uma colega da minha irmã (mas que também estudara comigo no secundária) e a melhor amiga da tal colega. Conhecia as duas raparigas e mesmo assim não me sentia cómoda.

    ResponderEliminar
  18. Não deve ser fácil viver com estranhos mas ao mesmo tempo deve ser giro :D
    O namorado ou namorada é sempre a melhor companhia para viver :p

    ResponderEliminar
  19. Olá Clementine,
    obrigada por passares pela Mansarda e por teres comentado. Não conhecia o teu blogue. Estive a ler o teu post e quanto a partilhar casa com alguém é capaz de ser giro enquanto estudantes e apenas como experiência. As pessoas têm feitios muito diferentes e por vezes não dá certo. Bjks

    ResponderEliminar
  20. também queria fazer um erasmus quando fosse para a faculdade, mas não sei se tenho coragem |:
    imagino a confusão que se instalaria em casa com tantas pessoas o: mas sobreviveste :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh querida faz o Erasmus vais adorar, é uma grande experiência a todos os níveis :) Se tiveres oportunidade, vai..não penses em medo deixa-te levar ;) *

      Eliminar
  21. Ahahahah ai que aventuras!! Mas realmente não deve ser fácil não, há pessoas muito complicadas credo! Ainda bem que finalmente arranjaste um companheiro à altura eheh! :p

    ResponderEliminar
  22. Eu acho que é importante viver aventuras boas e menos boas porque depois tudo o que é melhor tem um sabor mais doce e dá-se mais valor :)
    Não há nada como partilhar casa com a nossa alma gémea ♥

    ResponderEliminar
  23. Meu Deus que aventuras!
    Sou muito ciosa do meu espaço e das minhas pequenas manias; acho que não conseguiria ter vivido como tu izeste....

    ResponderEliminar
  24. Oooow *-* muito obrigada pelo carinho, adorei!

    Mas que história fantástica! Ao menos não podemos dizer que não tiveste aventuras :)
    como te deve saber bem dividir a casa com o teu mais que tudo, que inveja :p

    Um grande beijinho <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada a ti por voltares \0/ e pela simpatia :) *

      Eliminar
  25. Somos duas! :D
    Quer dizer, eu já estou casada. Mas pronto, vai dar ao mesmo! LOOL

    ResponderEliminar
  26. Confesso que dividir casa com outra pessoa (sem ser o namorado) sempre me deu curiosidade.
    Como nunca estudei fora de Lx acabei por alugar casa nos arredores sozinha (ahhhh que saudades desse tempo). E depois acabei por morar junta.
    Não há de facto mimo melhor que o do namorado quando chegamos a casa, sozinho é muitoooo divertido mas há um timing para tudo, não é verdade?

    Agora 5 casas?? Ahahaha ganhaste a taça querida :P ***

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agora é que disseste tudo querida, timing...há uns anos atrás não queria o que quero hoje, tudo tem o seu tempo :D *

      Eliminar
  27. E eu percebo-te na perfeição!!!

    Mudam-se os tempos... mudam-se as vontades :)

    ResponderEliminar
  28. Partilhar casa é assim mesmo. Também já tive as minhas aventuras mas... Tem piada que a que me custou mais foi quando fui com o mano, um amigo e o namorado da altura trabalhar para o Algarve!... Nunca estavam de acordo com nada. Queriam poupar guito mas não queriam fazer refeições em conjunto. Depois punham-se à sombra da bananeira à espera que alguém fizesse a janta (como a única mulher da casa que era, estavam sempre à minha espera!) Enfim, não correu muito bem e olha que foi só por 4 meses e meio e já nos conhecíamos há uns anitos =|

    ResponderEliminar
  29. Estou a passar por uma fase parecida, mudar de cidade e mudar as companheiras de casa... felizmente desta vez vou viver com amigas de infancia se bem que, provavelmente iremos precisar de mais alguém mas acredito que as coisas irão correr bem .
    E Barcelona ... ai como te invejo ! É das cidades que mais tenho curiosidade de visitar e poder viver .

    ResponderEliminar
  30. Por acaso só partilhei casa com uma estranha no 1º ano de faculdade. Foi tão mau, tão mau que quase ganhei um trauma. Vê lá tu! Conclusão, a partir daí foi sempre viver num T0, sozinha e muito feliz durante uns 13 anos. Adorei!

    ResponderEliminar
  31. Nunca vivi sozinha nem nunca partilhei casa com ninguem mas, de facto, quando se trata de estranhos não deve ser sempre fácil :S

    ResponderEliminar
  32. Beeeem como te entendo. Tb vivo fora de casa desde os 18. Tive muitas colegas de casa, muitos probs mesmo. Mas fui a mais casmurra que nunca saiu de casa ahah
    Tenho que falar sobre isso um dia!

    ResponderEliminar
  33. Eu vou agora passar por uma etapa dessas :) estou tão feliz e ansiosa, espero que corra tudo excelentemente bem :D ***

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa sorte nesta nova aventura, aposto que vais adorar :) *

      Eliminar
  34. Também comecei a dividir casa aos 18 anos e estive em várias. É muito complicado partilhar casa com estranhos e até mesmo com amigas. Partilhar casa com o namorado é a situação ideal!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tudo tem as suas coias boas..mas sem dúvida esta é a situação ideal :) *

      Eliminar
  35. Também sei o que isso é...só depois de acabar a licenciatura é que passei pela experiência, em duas cidades diferente. No total foram três casas e 8 pessoas diferentes. É preciso gerir muito bem a questão ;)
    Acgora as colegas de casa foram embora e fiquei com um T3 duplex só para mim. Mas também eu vou embora para junto do meu amor ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai que bom, aproveita bem essa nova experiência :)*

      Eliminar
  36. o irmão do meu namorado ainda vive em Barcelona com uns amigos e apesar de amigos também se queixa do mesmo. :D

    ResponderEliminar
  37. Eu sou daquelas pessoas que dificilmente dividiria a casa com estranhos, não é para mim. Mas adooooro Barcelona sou apaixonada por essa cidade, não me importava nada de viver aí uns tempos
    Bj S

    ResponderEliminar
  38. olha que interessante... tiveste muitas experiências em todas as casas, não me importava nada! (menos ser roubada, q coisa..)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim foi uma experiência e tanto :) Guardo muito boas recordações..diverti-me muito também! Mas infelizmente sempre temos alguém que estraga as coisas...e ser roubada foi mesmo mau..não foi muito até, mas pelo acto em si!! Deixou de haver confiança..:) *

      Eliminar
  39. Que grandes aventuras. Imagino que não deve ser nada fácil dividir casa com certas pessoas, mas deve ser uma boa experiência.

    Big Kisses

    ResponderEliminar
  40. Olá Clementine, gostei de ler todas as tuas experiências! Certamente aprendeste muito e hoje és uma pessoa muito mais tolerante e não menos exigente :)

    um bjinho gdre*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida que aprendi e mudei muito :) Ajuda, por isso recomendo esta experiÊncia *

      Eliminar
  41. Já vivi com uma grande amiga e fora pequenas coisinhas correu muito bem. Já vivi com 20! pessoas numa casa tipo palacete e correu assim assim, era muita gente, e aliás trabalhávamos todos juntos o que tornava as coisas um pouco complicadas. E já vivi com uma daquelas raparigas que nos vampiriza, totalmente má onda, sentia-me a ser drenada.n agora vivo sozinha mas dentro de uma semana a minha mana caçula vem viver comigo. :) vai ser uma nova aventura. acho que os humanos se adaptam sempre mas há que ter cuidado com quem se divide casa.

    ResponderEliminar
  42. Ena, uma estudante de Erasmus em Barcelona. Também fiquei colocada para ir para a Universitat de Barcelona este semestre mas tive de recusar, infelizmente, por não ter dinheiro suficiente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh que pena que não possas..o meu erasmus aqui já foi à um temoinho, mas gostei tanto u fiquei :) *

      Eliminar
  43. Consegui rever-me neste texto tantas vezes!!! ;)
    Quando entrei na faculdade também passei por algumas casas.. só tive uma má experiencia com uma louca, pouco higiénica, que já nem era estudante.. mas foi sempre preciso muita calma.. especialmente com os vizinhos! ;)
    Hoje e dia.. também partilho da mesma experiência de dividir casa com o namorado e não trocava por nada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aii recordo com carinho esses tempos...mas agora estamos melhor não é? :) *

      Eliminar
  44. Também estudo numa cidade longe da minha e sei bem o que é partilhar casa. Umas vezes corre bem, outras nem tanto :)

    ResponderEliminar
  45. Que post mais engraçado! É a minha primeira vez a dividir casa e já começo a ter as minhas peripécias. As limpezas, ai as limpezas!
    Mas isto vai lá, se as mães não ensinaram certas coisas, ensino eu, claro está :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hehe boa sorte :D Aposto que vais viver muitas aventuras e histórias no mínimo interessantes ehehe :D *

      Eliminar
  46. Concordo plenamente com a parte de partilhar a casa com estranhos :x às vezes apanhamos cada uma.
    O post está muito giro. Espero que agora estejas num sitio bom e feliz!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aw obrigado pela simpatia e sim agora estou num sítio muito bom com a companhia ideal :D espero que tu também *

      Eliminar
  47. Já faz tempo esse post mas estou comentando porque gostei mesmo de ler sua história. Por sorte, não tive exatamente que dividir casa quando me mudei. Mas imagino a loucura que seria, sempre fui filha única e não sei como me sairia nessas situações. haha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É complicado dividir o espaço da casa, mas se feito com as pessoas certas, pode ser uma grande experiência :) Boa sorte e já sabes, passo a passo :) *

      Eliminar

Bem-vindo ao Chill - obrigado pelas tuas ideias :) Todas as perguntas e comentários serão respondidos aqui !! *