terça-feira, 28 de agosto de 2012

Amor internacional

No post anterior mencionei que tive que viver distante da minha outra metade, a principal razão é o facto de ele ser alemão...e isto de estar num relacionamento internacional tem as suas situações engraçadas, ora bem, engraçadas agora que na altura nem tanto.

Por exemplo, aquele momento típico em todas as relações, o "conhecer os pais", que por si só já tem aquela conotação de embaraçoso, no meu caso é coisa para ser embaraçoso ao quadrado. Começamos logo pelo mais importante como comunicar, o meu alemão ainda está fraquinho (shame on me) além de que quando tento falar essa bela língua parece que está a sair duma pessoa francesa. Sem esquecer que convém não dizer muita parvoíce junta para não causar má impressão, logo o melhor é ignorar o alemão não vá eu enganar-me na palavra e sair algo estranho. Fora o alemão entra o inglês, com isso posso eu bem, o problema é que a mãe entende melhor espanhol...ou seja foi uma autêntica torre de babel, entre gestos e traduções...convém mencionar que a querida da mãe tinha champagne à nossa espera (bem como um galo de Barcelos que tinha comprado numa das suas viagens, isto há coisas...), e isso foi o que ajudou naqueles momentos mais incómodos, tal e qual como tique, lá ia o copito à boca! Mas sabem que mais, foi sem dúvida um momento engraçado, agora que já não estou nervosa e que já sei com o que posso contar não deixo de sorrir ao recordar!!!

Basicamente é sempre assim quando estamos todos juntos e será até eu aprender alemão...só sei que tive sorte e no meio desta confusão linguística sou feliz!

50 comentários:

  1. as duas últimas palavras são as mais importantes :)

    ResponderEliminar
  2. no final das contas nao deixa de ser uma situaçao atipica e engraçada!

    ResponderEliminar
  3. ahahaha
    que giro!
    um alemão. sim senhora! que macaca! :D

    tb quero um estrangeiro, que isto cá em portugal está escasso! ahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma macaca esperta é o que eu sou ihih Já estava prever a escassez...;) *

      Eliminar
  4. Na altura nunca achamos piada mas depois bem que dá para dar umas gargalhadas :P

    Beijinhos *

    ResponderEliminar
  5. Namorei três anos e meio com um americano, entendo isso na perfeição. Às vezes uma pessoa quer dizer algo e não sabe como. eheheh

    ResponderEliminar
  6. O que importa é o que disseste na última frase, ser feliz não importa o idioma :)

    ResponderEliminar
  7. Sobrou um bocadinho, queres que te mande num tupper? :P eheheh :P

    Eish, falar alemão é daquelas coisa bem complicadinhas!

    ResponderEliminar
  8. Grande post!
    Gostei muito do teu blog.
    Vamos ser seguidoras?
    beijo da Nina

    ResponderEliminar
  9. O importante é sermos feliz e acreditar no amor!

    ResponderEliminar
  10. Aahah eu imagino...Por acaso nunca me imaginei numa relação assim =P Para mim ter as mesmas origens que eu é fundamental :)

    Obrigada pela forçinha*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tens que agradecer querida, se precisares já sabes ;) *

      Eliminar
  11. Aqui estou eu a retribuir a visita. :)
    E sabes que mais, gostei do teu cantinho. :)
    Até breve!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aw muito obrigado pelas palavras e simpatia, as portas estão sempre abertas :) *

      Eliminar
  12. Bom, tens do teu lado o facto do alemão não ser uma língua nada fácil :P

    Momentos como esses nunca se esquecem :)

    Beijito* grande

    ResponderEliminar
  13. O importante é mesmo ser feliz! E enquanto não aprendes a falar fluentemente alemão, vais-te deparando com estes episódios engraçados :p

    ResponderEliminar
  14. Imagino a confusão de línguas, mas mesmo assim não causou nenhuma barreira e todos se entenderam da melhor maneira! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim claro, quando há vontade existe sempre uma maneira :) *

      Eliminar
  15. Nada com um champanhe para ajudar ahah :D tens que treinar esse alemão!

    ResponderEliminar
  16. O que importa é mesmo isso! Seres feliz não importa a íngua, só importa que haja comunicação saudável para se darem todos bem :) **

    ResponderEliminar
  17. Sou a tua mais recente seguidora.
    Agora é a tua vez.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  18. Lolol imagino essa confusão mas tens toda a razão o importante é que estás feliz.
    Beijinhos ;)

    ResponderEliminar
  19. E sem duvida é o mais importante. Seres feliz. Mas deve ter sido beeeem engraçado ahahah

    ResponderEliminar
  20. Olá Clementine !
    Sou um grande fã do teu blog e percebo a situação em que te encontras. Vou sempre vendo os teus posts e acompanhando. Vou postar aqui também o meu proprio blog que é sobre tecnologia e se quiseres passar por la e mesmo seguir ou por gosto na página do facebook era muito importante ! Muito obrigado e continuação de randes posts !

    ResponderEliminar
  21. Acho essas situações super engraçadas...eu adoro conversar com pessoas de outras nacionalidades e aprender as suas expressões tipicas (na sua maioria asneiradas)...é sempre tão divertido :P

    Eu invejo-te por conseguires sequer perceber e falar um pouco de alemão, acho uma lingua tão dificil...fico completamente a apanhar do ar..alemão e checo...pelamordedeus...quando ouvia as pessoas a falar ficava completamente a anhar! :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh asneiradas é logo o primeiro que se aprende não? hehe eu no ínicio sentia-me bem mais perdida, agora de tanto ouvir e assim começo a ganhar o jeito, mas como tu dizes é uma linguagem bastante dificil pois é bastante diferente da nossa...mas um dia vou falar bem vais ver ihihi :D *

      Eliminar
  22. Acredito que há muitas pessoas a passar pelo mesmo mas na sua própria língua:) Conhecer os "sogros" é sempre tarefa difícil e no primeiro encontro parece que nenhum de nós fala a mesma língua!
    Felicidades!

    ResponderEliminar
  23. ainda bem que gostaste (:
    eu odeio falar alemão, é um língua "chinesa" para mim xd deve ter sido uns momentos awkward :| mas com o tempo isso vai ao sítio :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, tomei uma decisão, vou aprender alemão, mas mesmo a sério ehehe daqui a um ano vou voltar a este post e espero já estar muito melhor :) *

      Eliminar
  24. Ah eu acho isso o máximo :) Apesar dos momentos constrangedores. São momentos para recordar também :) Boa sorte com o alemão!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas recordações :) Muito obrigado pela simpatia *

      Eliminar
  25. Li este post depois do seguinte... oh pá tão giro!! Está decidido, quero mesmo um homem estrangeiro. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hehe não era a intenção, mas o amor quis assim e agora não queria de outra maneira :D *

      Eliminar
  26. Ui compreendo-te bem!
    Durante a adolescencia namorei um alemão e estava tão mas tão in love e tão decidida a mudar de país e vir a ser uma Hausfrau que fui para o Goethe aprender alemão!
    A paixão passou mas o amor à língua manteve-se!
    Se estás feliz é tudo o que importa; alles gute então!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha que tenho a página do Goethe aberta, já ando para fazer o curso há 1 ano mas o horário nunca dá, vamos lá ver se é desta ehehe :) *

      Eliminar
  27. O que interessa é família gostar de ti, assim tudo se leva com diversão :D

    ResponderEliminar
  28. Nem dá para recorrer ao Inglês? tipo aquela língua que todos falam nem que seja um bocadinho? Se fosse eu então... Alemão zero nem podia abrir a boca hahha!
    Bj S

    ResponderEliminar

Bem-vindo ao Chill - obrigado pelas tuas ideias :) Todas as perguntas e comentários serão respondidos aqui !! *